JESUS

Desculpe pela bagunça, o blog está em manutenção voltará em 2015 com novidades!!!

Desculpe pela bagunça, o blog está em manutenção voltará em 2015 com novidades!!!
Um beijo!

Desejo a você e sua Familia!!!! Um Feliz Natal...

Desejo a você e  sua Familia!!!!  Um Feliz Natal...

Desejoa você!!!Que o louvor entre no seu coração!

Desejoa você!!!Que o louvor entre no seu coração!

domingo, 25 de setembro de 2011

Como contar História para crianças!!

Aqui ficam algumas sugestões do Plano Nacional de Leitura, para ajudar a colega e todos os interessados:

Ouvir contar histórias na infância leva à interiorização de um mundo de enredos, personagens, situações, problemas e soluções, que proporciona às crianças um enorme enriquecimento pessoal e contribui para a formação de estruturas mentais que lhes permitirão compreender melhor e mais rapidamente não só as histórias escritas como os acontecimentos do seu quotidiano.
Na época actual a maioria das crianças não tem oportunidade de ouvir histórias no seio familiar. Cabe ao jardim-de-infância e à escola assegurar que lhes não falte essa experiência tão enriquecedora e tão importante para a aprendizagem da leitura.
* Um bom contador de histórias tem que saber adaptar-se ao público. Esse ajuste é feito ao vivo, de uma forma rápida e quase imperceptível.
* Se a assistência se distrai, há que mudar o relato, abreviando o enredo, introduzindo novas peripécias, criando suspense. Se a assistência se mostra fascinada, vale a pena prolongar o efeito e ir adiando o desfecho.
*
A mesma narrativa terá de apresentar cambiantes conforme a idade das crianças e as características dos vários grupos.
Sugestões de actividades
* Conte sobretudo histórias que conheça bem e de que goste.
* Identifique previamente os acontecimentos-chave para os apresentar de forma clara e sugestiva.
* Conte a história como se estivesse a vê-la desenrolar-se por cenas.
* Ensaie em casa, ao espelho, ou diante de pessoas que lhe possam dar um feedback.
* Observe as reacções das crianças enquanto conta a história para poder fazer os ajustes necessários. Pode, por exemplo, aligeirar uma situação se as crianças estão assustadas ou torná-la mais dramática para envolver emocionalmente os ouvintes.
* Sempre que possível envolva as crianças no relato.
* Se as crianças exigirem que torne a contar a mesma história, deve considerar que a actividade foi um êxito.
Como envolver as crianças no relato********* Pedir às crianças que:

- repitam frases;
-façam os gestos adequados para sublinharem a acção;
- emitam os sons que a história refere (vento, bater à porta, etc.).
* Suscitar antecipações, perguntando: O que é que acham que vai acontecer a seguir?
* Suscitar o reconto em grupo, sobretudo com os alunos mais velhos.
Como suscitar o reconto em grupo
* Um ou dois alunos ajudam o educador.
* A história vai sendo contada pelas crianças e o Educador só interfere quando necessário.
* As crianças contam a história em grupos de dois ajudando-se mutuamente.
* Uma turma conta a história a outra turma.
* Cada criança escolhe o momento preferido e conta-a em pormenor acrescentando o que quiser.
* As crianças são convidadas a contar a história muito rapidamente e referindo apenas o essencial.

Site: Educação e infância

História de Namãa

Base Bíblica: II Reis 5

Israel e Síria eram países inimigos. Eles brigavam muito. Nos tempos bíblicos, quando um país vencia uma batalha levava as pessoas do país que perdia para serem escravas.
Foi assim que uma garotinha israelita se tornou escrava na Síria. A garotinha trabalhava para a esposa do comandante do exército sírio.
Naamã, o comandante, era uma pessoa muito importante, mas ele tinha um problema horrível - tinha lepra.Quando a garotinha soube do problema do capitão Naamã, ela disse para a esposa dele:

- Gostaria que meu senhor pudesse ver o profeta que está em Samaria. Assim ele ficaria bom.


        Recheie sua história com atividades
    


Imagine como o capitão Naamã e sua esposa ficaram entusiasmados quando ouviram falar de Eliseu! Naamã foi ver seu chefe, o rei da Síria, e lhe falou sobre Eliseu.

O rei da Síria achou que Naamã deveria ir a Samaria, a capital de Israel, e ele enviou uma carta com Naamã para o rei de Israel, pedindo ajuda para curar a lepra de Naamã.
Quando Naamã chegou a Israel, foi ver o rei.

 O rei israelita ficou ofendido e rasgou as suas roupas.- Não posso fazer nada sobre sua lepra! - disse ele. - Ele só está querendo começar uma briga.
Antes que o rei israelita decidisse o que fazer, ele recebeu uma mensagem de Eliseu. "Por que você rasgou suas roupas? Envie Naamã a mim."

Quando Naamã chegou à casa de Eliseu, um mensageiro saiu de dentro da casa.- Vá. Lave-se sete vezes no rio Jordão, e você ficará limpo.

Essa mensagem deixou Naamã furioso.- Temos muitos rios mais limpos na Síria - disse ele. - E esse Eliseu não está me tratando bem. Ele nem mesmo saiu de sua casa para me cumprimentar.
O capitão Naamã estava pronto para voltar para a Síria, mas seus servos disseram:- Nós já estamos aqui. Por que o senhor não faz o que Eliseu disse? Que mal há nisso?
O capitão Naamã foi ao rio Jordão. Era um riozinho sujo. Mas ele entrou assim mesmo. Ele mergulhou na rio seis vezes e ainda estava com lepra. Mas na sétima vez, quando ele saiu da água, sua pele estava limpa novamente!
Naamã voltou para agradecer a Eliseu e dar-lhe presentes.- Agora sei que há um Deus no Céu. De agora em diante oferecerei sacrifício apenas para Deus - disse ele.
Era exatamente isto que Eliseu queria - que o capitão Naamã aprendesse sobre Deus.- Não quero seu dinheiro - disse Eliseu. - Vá em paz.
Geazi, servo de Eliseu, não gostou do que ouviu. Ele queria aquele dinheiro para si mesmo. Ele seguiu o capitão Naamã na estrada. Quando ele pensou que Eliseu não podia mais vê-lo, fez o capitão Naamã parar.- Mudamos de idéia - disse Geazi. - Alguns alunos da escola dos profetas chegaram e eles precisam de dinheiro.

O capitão Naamã estava tão feliz por ter sido curado que deu duas vezes o queGeazi pediu. Geazi escondeu o dinheiro e voltou para a casa de Eliseu.- Onde você esteve? - perguntou Eliseu.- Em lugar nenhum - disse Geazi.
Mas Deus mostrou a Eliseu o que Geazi havia feito. Por causa do egoísmo e mentiras de Geazi, ele foi castigado e foi contagiado com a lepra de Naamã.

        Recheie sua história com atividades e criatividades


        

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Centopéia Diferente!!!

Facil de fazer e divertido!!!


Olha aqui uma sugestão para levar uma mensagem, um versículo, um carinho...
Uma centopéia feita de caixa de ovos, pintada com guache, rostinho a gosto...
Este foi feito com EVA e olhinhos móveis.


   


E para presentear, ou mesmo ficar nas prateleiras da salinha.
Embaixo dos "gominhos" da centopeia o que ela leva?
Bem pode levar... balinhas escondidas, um versículo dobradinho, uma charadinha,
Enfim, a graça aqui é que ela leva algo que cada criança descobre ao participar da
aula com atenção.

  

Olha que linda centopéia que você rá fazer com a criançada....

Churrasquinho Doce

Este aqui é o churrasco doce, fácil, gostoso e prático.


Estamos pertinho do "Dia das crianças" ,que tal envolver as crianças a preparar o seu próprio churrasquinho ....mas um churrrasquinho diferente ...ele é docinho !!!
Não é nada muito novo, mas sempre tem quem não sabe, e mais ainda sempre tem quem quer e gosta de aprender.
 
Pode ser feito com balas de marshimallow, de diversos formatos e cores

 

Para tanto use um palitinho de churrasco e para facilitar use manteiga para que a balinha entre com facilidade

 

Um saquinho de celofane dará graça total juntamente com um gracioso fitilho.Veja quantas possibilidades...
 

Huuummmm que delicia!!!

Mergulho de Naamã

Que tal fazer uma história visual para as crianças !!!!Mãos a obra

Passo a Passo :


O Naamã entrando leproso no Rio Jordão e saindo limpinho.

  

Prático para fazer:
Vasilhame de refrigerante 
EVA azul cortado em efeito de ondas
Cola quente

O mais legal e praticar e a garotada aprender!
 

Modelo
  Naamã curado  Naamã doente

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Chegou a Primavera !!!Pinte

[Viva+a+primavera.jpg]

Borboleta em flor

[flor+e+borboleta+dobradura.jpg]

História : O Rei Salomão

Salomão era filho do rei Davi. E Davi tinha morrido. E agora ele tornou se rei no lugar de seu pai.

Mas Salomão não ficou contente com isso. Pois ele queria ser um bom rei. Queria cuidar bem de todas as pessoas, de todo o povo de Israel. O povo de Israel tornara se enorme e ele próprio ainda era tão jovem.

Salomão pensou: Esse cargo e muito difícil para mim. Não sou sábio e inteligente. Ainda não posso ser um bom rei.

E por isso todos os dias ele andava com cuidados e receios.

Mas certa vez aconteceu alguma coisa maravilhosa.

Salomão tinha oferecido um sacrifício ao Senhor. Depois foi dormir. E enquanto dormia, Deus falou com ele.

Deus disse: “Salomão, Eu quero dar-te alguma coisa. Tu podes escolher o que gostarias de ter. E seja o que for que escolheres, tu o receberás!”.

Salomão achou isso maravilhoso. Que devia ele escolher agora?

Que ficasse rico? Ou que se tornasse forte e poderoso? Ou que tivesse uma vida longa?

Não, nada disso. Salomão só pensou em que ele tanto queria ser um bom rei.

E pediu: “Senhor, dá-me um coração sábio, para que eu possa ser um bom rei”.

O Senhor disse: "Essa é uma boa escolha, Salomão. Far-te-ei ser tão sábio e inteligente como nunca homem algum o foi. E por teres feito uma escolha tão boa, vou fazer-te também rico e forte e poderoso. E se fores sempre obediente, dar-te-ei também uma vida longa.”

Aí Salomão acordou.

E agora já não sentia mais cuidados e receios.

Agora achou bonito ser rei, porque sabia que seria um rei bom.

Certa vez, o rei Salomão estava em seu palácio. Aí entraram duas mulheres. Elas tinham uma questão entre si. E agora o rei tinha que dizer qual delas tinha razão.

Cada uma das mulheres tinha um filho.

Uma dessas crianças olhava para o mundo com olhos risonhos. Estava viva e sadia. Mas a outra criança tinha os olhos fechados e jazia quieta e pálida nos braços da mulher. Esta criança estava morta.

“A criança viva pertence a mim”, disse uma das mulheres.

“Isso não é verdade, é minha”, disse a outra.

Salomão disse: “Contem-me tudo.”

E uma das mulheres contou: “Oh rei, ela e eu moramos juntas numa casa, e dormimos no mesmo quarto, e cada uma tem uma criança. Mas esta noite morreu uma das crianças. O filho dela morreu, rei. A criança morta é a dela, e a criança viva é a minha.”

Mas a outra mulher disse: “Não, a criança viva é minha, e a morta é dela.”

“Eu quero a criança viva, porque sou a mãe”, gritou uma.

“Não, eu sou a mãe, eu quero a criança”, gritou a outra.

Assim estavam todos ali e ninguém sabia quem tinha razão. Mas Salomão tinha que saber. Ele devia dizer quem iria ganhar a criança viva.

Salomão perguntou: “Então, vocês querem ambas ter a criança viva?”

“Sim, rei”, falou uma.

“Sim, rei”, falou a outra.

E então Salomão disse uma coisa estranha, com a qual todos se assustaram. Ele falou: “Pois bem, então vamos cortar a criança viva pelo meio, então cada uma de vocês receberá a metade”.

Não era o plano do rei de fazer realmente isto. Mas ele disse isso com muita seriedade, ele fez de conta como se fosse tal seu plano. Ele chamou um empregado com uma grande espada e disse: “Corte a criança pelo meio”.E o empregado pegou a criança e levantou a grande espada. Mas então uma das mulheres começou a chorar amargamente.

“Não faça isso!” gritou ela. “Não faça nenhum mal à criança! Só quero que meu filho continue vivo!”.

Mas a outra mulher não se afligiu pela criança. Ela disse: “Bem, corte-a pelo meio, então nós duas não temos nada”.

Aí o rei sabia quem era a mãe. Ele disse: “Dê a criança à primeira mulher, porque ela a ama. Esta é a mãe”.

E a mulher recebeu a criança viva e, feliz, foi para casa com o filhinho no braço.

E todos diziam: “Como é sábio e inteligente o nosso rei!”

Salomão ficou sendo rei por muito tempo. Ele cuidou bem de seu povo. Ele fez as pessoas de sua terra viverem felizes,

Ele também construiu um lindo templo. Isso era uma casa para Deus, o Senhor, uma igreja bem grande. E para este bonito templo vinham as pessoas de todo o país, para oferecer sacrifícios e fazer oração.

   Recheie sua história com atividades

Girassol

[girassóis.jpg]

Lindo para Pintar !!

[primavera+3.jpg]

Primavera-Lindo para fazer !!

A primavera está chegando e com ela alegria, flores, cores, brincadeiras,...!!! Então vamos cuidar do meio ambiente para curtir ao máximo esta estação tão maravilhosa!

Desenhos sobre Dizimos e Ofertas




sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Tesouros de Deus

II Cor. 4:7 / Is.11:2 / Apc.10: 4 a 7 / 5:


1. Compre muitas “moedas de chocolate” (o suficiente para dar 7 para cada criança, representando os 7 Espíritos de Deus ).



2. Traga um cofre ou uma caixa forte com cadeado e chave (ou faça um de papelão ou mesmo com uma caixa. Forre e pinte como um cofre de ferro)


3. deixe uma mesa arrumada com os vasinhos e deixe cada criança pegar o seu! Inicie nesta aula a pintura do vasinho e continue a cada domingo trabalhando o vaso, para que no ultimo domingo a criança leve o vasinho todo pintado, colorido..!


4. Faça com papel laminado dourado, muitos círculos (moedas) Muitos (bastante mesmo), para representar o grande derramar do ESPIÍRITO SANTO. Escreva nesses círculos: cura, alegria, paz, amor, consolo, milagre, sabedoria, milagres, salvação, libertação, fé, maravilhas... Enfim todos os atributos do ESPÍRITO SANTO, escreva vários repetidos.


 DRAMATIZE


Entre com as moedas ns mãos. Carregando com dificuldade. Um pouco na bolsa. Um pouco na blusa... Peça ajuda das crianças... (o pote e o cofre já devem estar em cima da mesa).


Quem pode me ajudar? Tenho todo esse tesouro. Ele é muito importante para mim é especial. Vou dar de presente para pessoas especiais também. Mas eu preciso guardar. Onde vocês acham que eu devo guardar?


(deixe todas as moedas em cima da mesa)


Mostre os dois lugares possíveis para guardar e peça para as crianças darem opiniões sobre qual lugar deve guardar falarem o porquê sim ou o porquê não.


(Nesta hora, principalmente com os maiores, você pode dividir em grupos e fazer tipo um debate)


Conclua com as crianças: Ninguém mesmo, colocaria um Tesouro tão importante em vasos, não é? Porque o vaso é frágil, tem que tomar cuidado, porque pode quebrar. O cofre é mais seguro. Não quebra. É mais forte!


Mas Deus fez completamente diferente. Ele escolheu cada criança aqui, como se fosse vasos dele.


Diga: EU SOU VASO DE DEUS


Ele acreditou em cada criança, em cada pessoa. Mesmo que às vezes a gente se sinta fraco, muitas vezes as crianças desobedecem, muitas vezes falam mentiras, muitas vezes não fazem as coisas certa, mas mesmo assim Deus confiou, porque o maior TESOURO QUE É JESUS ESTÁ EM NÓS.


E quando aceitamos esse TESOURO JESUS, Deus nos ajuda e ficamos forte e daí podemos guardar todos os TESOUROS que Deus dá, porque vai aparecer a força de Deus em nós, Vai aparecer O MELHOR DE DEUS em nós.


 Hoje o que Deus quer que cada criança saiba é que Ele tem preparado tesouros especiais e muito importantes para crianças especiais e importantes.


Diga comigo: Tesouros especiais, para crianças especiais!


Diga: Eu sou especial para Deus.


 Essas “moedas”... Vamos fazer de conta, né?... São os tesouros de Deus. (mostre)


 Esses vasos são as crianças. Cada vaso significa uma criança. (coloque a figura das crianças da Turminha e coloque na frente de cada figura da turminha, um vasinho)


 Deus escolheu a cada um para guardar e cuidar do Seu tesouro. (coloque em cada vasinho, “as moedas”).


 Deus não escolheu nenhum cofre forte, mas escolheu a vida de cada um. Para depositar, para entregar seus tesouros.


E todas as crianças, juntas! Todas as pessoas, juntas, até os adultos! Mamãe, papai, eu, todos...! O que nós formamos quando nós estamos juntos aqui para adorar a Deus, para orar, pára ouvir a palavra. O que nós somos?


SOMOS A IGREJA DO SENHOR !!!Pra quem Deus vai dar seus tesouros? PARA IGREJA!!!!


Entregue agora o vasinho de cada criança.


O que você vai fazer com esse tesouro? Você vai deixar o diabo roubar? NÃAAAOOO.


Você vai cuidar não é mesmo!


Sabe por que Deus está dando esses tesouros?


Porque está chegando o dia de Jesus voltar. E esses tesouros ajudam a gente a esperar a volta de Jesus.


 Entregue 7 moedinhas para cada um e explique que as moedas representam coisas boas que Deus vai nos dar sempre, todos os dias.


(Deixe bem claro, que não é a moedinha de chocolate, você só está explicando... veja se estão entendendo bem. Para os menores não precisa dar tanta explicação só seja objetiva (o). Para os maiores você pode se estender em perguntas e ajudá-los nas respostas corretas.)


Quem quer receber o 1º. Tesouro?


1º. Diga comigo: Eu recebo o ESPÍRITO DO SENHOR


2º Diga comigo: Eu recebo a SABEDORIA


3º Diga comigo: Eu recebo o ENTENDIMENTO


4º. Diga comigo: Eu recebo o CONSELHO


5º Diga comigo: Eu recebo a FORTALEZA


6º. Diga comigo: Eu recebo o CONHECIMENTO


7º. Diga comigo: Eu recebo o TEMOR


Oba!! Vamos aplaudir ao SENHOR??!! Glória a Deus
¨
Para causar mais expectativa, nesse momento entra alguém e cochicha seu ouvido.


 Verdade?? Tem mais?? Não acredito!! Deus ainda vai dar mais TESOURO??


 Gente tem mais!! Antes de JESUS VOLTAR Deus ainda vai dar um TESOURO muito importante para toda a IGREJA!!!


 Deus vai mandar muito mais, muito mais, muito mais do ESPÍRITO SANTO.


O ESPIRITO SANTO está no lugar de Jesus. O ESPIRITO SANTO vai ajudar as crianças, as pessoas da igreja em todas as coisas. Com cura, com inteligência, com sabedoria, com milagres, com muito poder, com maravilhas... Bastante coisa mesmo.


(junte todas as crianças sentadas num tapete, no chão). Duas ou 3 formadoras sobem numa cadeira, ou num lugar alto e derramam as “moedas” em cima das crianças. Incentive-as a pegarem na mão.


 Olhem só! Deus vai derramar o TESOURO DO ESPÍRITO SANTO para todos nós!


Com os maiores peça para lerem o que está escrito nos que eles pegaram.


Com os menores, leia para eles. (comente brevemente cada um).


                        Recheie sua história com atividades e criatividades
                 

História :Uma palavra Agradavel

Salmos 19:14

Era uma vez um homem que tinha cem soldados, e por isso era chamado de centurião.
Mesmo sendo importante, ele era bom e se preocupava com seus empregados. Aconteceu que, certo dia, um de seus empregados ficou muito doente e estava quase morrendo. Que coisa horrível não é mesmo crianças?

 O centurião ficou muito triste e pediu para alguns velhinhos judeus irem chamar Jesus para curar o servo doente.
Aquele centurião havia construído um templo (igreja) para os judeus e, por isso, todos gostavam muito dele.
Os judeus foram até Jesus e deram o recado do centurião, e Jesus foi até o doente. Quando Jesus estava bem perto da casa, o centurião enviou alguns amigos para dar-lhe outro recado, pois havia mudado de ideia. Hum, será que ele desistiu de pedir a cura do empregado?
(Espere a participação das crianças) .
Sabem qual foi o recado? O centurião mandou lhe dizer que não precisava mais se incomodar, pois o Senhor é o Filho de Deus e ele não merece que entre na casa dele. Ele pediu que o Senhor fale apenas uma palavra, pois ele tem certeza que, depois disso, o doente será curado.
Amiguinhos, aquele centurião tinha muita fé, pois acreditava que com uma única palavra de Jesus o empregado ficaria curado. O Senhor Jesus ficou tão contente com a fé daquele centurião, que disse para as pessoas que estavam com Ele: Nunca vi uma fé como esta, nem mesmo no meio do povo de Israel, que é o povo escolhido por Deus.
E quando os amigos chegaram à casa do centurião, o servo estava livre da doença. Viva!



     Recheie sua história com atividades e criatividades

terça-feira, 6 de setembro de 2011

História : A Figueira

João 15:16

Nesta semana estaremos contando a parábola da figueira para as crianças que frequentam as aulinhas da igreja.
O Senhor desta história representa Deus e a figueira somos nós.

 Deus nos ama e cuida de cada um de nós com carinho. Através da Sua Palavra Ele nos ensina e espera que cada um de nós se arrependa e deixe de praticar aquilo que não Lhe agrada.
 Esse é o fruto.
 O servo representa Jesus, Ele sempre está suplicando a Deus por nós. Por causa dEle, Deus está sempre nos dando uma chance para que venhamos a nos arrepender dos nossos erros e começar a produzir frutos que demonstrem o nosso arrependimento.

    Recheie sua história com atividades e criatividades

A Figueira sem Frutos

Olá queridas educadoras(os)!


Hoje apresentaremos para vocês uma opção de cenário diferente para contarmos a história da FIGUEIRA SEM FRUTOS: o Tapete de Histórias.

Você precisará de: um pedaço de tecido de cor clara, para ser o tapete (neste caso, usamos algodão crú), alguns retalhos de feltro ( mas pode ser outro tecido também, caso não encontre) agulha, linha , tesoura, caneta para tecido marrom, tinta para tecido verde, cola quente.

Primeiro, vamos fazer os cachos de uva. Corte o tecido verde e o tecido vinho em círculos (2 vezes), e o tecido marrom e verde em forma de caule e folhas (1 vez).
[DSC01260.JPG] [DSC01261.JPG]

Agora, costure as uvas, unindo as duas partes
[DSC01264.JPG]  [DSC01263.JPG]

Depois monte os cachos usando a cola quente. Para dar sustento, cole atrás um palito de sorvete
[DSC01265.JPG]  [DSC01266.JPG]

Usando tecido ou EVA, faça mais folhas e também as nuvens, o sol e várias flores para completar o cenário

[DSC01289.JPG]  [DSC01287.JPG]

Depois, é só pintar no tapete a grama e com a caneta para tecido marrom, fazer o caule da videira. As uvas e as demais peças do cenário ficam soltas para que você coloque aos poucos, conforme for contando a história
[DSC01290.JPG]