JESUS

Desculpe pela bagunça, o blog está em manutenção voltará em 2015 com novidades!!!

Desculpe pela bagunça, o blog está em manutenção voltará em 2015 com novidades!!!
Um beijo!

Desejo a você e sua Familia!!!! Um Feliz Natal...

Desejo a você e  sua Familia!!!!  Um Feliz Natal...

Desejoa você!!!Que o louvor entre no seu coração!

Desejoa você!!!Que o louvor entre no seu coração!

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

História :Uma palavra Agradavel

Salmos 19:14

Era uma vez um homem que tinha cem soldados, e por isso era chamado de centurião.
Mesmo sendo importante, ele era bom e se preocupava com seus empregados. Aconteceu que, certo dia, um de seus empregados ficou muito doente e estava quase morrendo. Que coisa horrível não é mesmo crianças?

 O centurião ficou muito triste e pediu para alguns velhinhos judeus irem chamar Jesus para curar o servo doente.
Aquele centurião havia construído um templo (igreja) para os judeus e, por isso, todos gostavam muito dele.
Os judeus foram até Jesus e deram o recado do centurião, e Jesus foi até o doente. Quando Jesus estava bem perto da casa, o centurião enviou alguns amigos para dar-lhe outro recado, pois havia mudado de ideia. Hum, será que ele desistiu de pedir a cura do empregado?
(Espere a participação das crianças) .
Sabem qual foi o recado? O centurião mandou lhe dizer que não precisava mais se incomodar, pois o Senhor é o Filho de Deus e ele não merece que entre na casa dele. Ele pediu que o Senhor fale apenas uma palavra, pois ele tem certeza que, depois disso, o doente será curado.
Amiguinhos, aquele centurião tinha muita fé, pois acreditava que com uma única palavra de Jesus o empregado ficaria curado. O Senhor Jesus ficou tão contente com a fé daquele centurião, que disse para as pessoas que estavam com Ele: Nunca vi uma fé como esta, nem mesmo no meio do povo de Israel, que é o povo escolhido por Deus.
E quando os amigos chegaram à casa do centurião, o servo estava livre da doença. Viva!



     Recheie sua história com atividades e criatividades

Nenhum comentário:

Postar um comentário